Runescape 3

Grand Theft Auto V

por Giuseppe Carrino Neto

Uma nova geração de consoles está chegando, mas mesmo assim continuam saindo jogos e mais jogos para a atual. Quando achamos que não existe mais nada que possa nos surpreender, eis que novamente surge a Rockstar e anuncia mais um GTA. Boa parte dos donos de Playstation 3 ou Xbox 360 aguardou ansiosamente pelo lançamento e, finalmente, o dia chegou. Dia 18 de Setembro de 2013, no Brasil. Adeus vida social. É hora de respirar e mergulhar bem fundo, torcendo para que você goste do que encontrar. Podem ler sem medo de encontrar spoilers comprometedores. 

Voltamos para San Andreas, um lugar de nome já conhecido no universo da franquia. Você começa o jogo já dentro de uma missão a qual lhe mostra parte do nível de adrenalina que você irá sentir em praticamente o jogo inteiro à medida que for completando as tarefas. Os tiroteios, a tensão, as perseguições, as fugas. Está tudo lá. Ela serve como um tutorial para que você aprenda alguns comandos básicos do jogo.

Você irá controlar ao longo do jogo três personagens com características bem distintas. O primeiro deles é Franklin, um rapaz que está começando no mundo do crime e precisa mostrar do que é capaz. Ele quer apenas uma chance para conseguir algo grande e também sair da vizinhança que ele tanto odeia. Ele será seu primeiro contato real com a cidade de Los Santos.

O segundo personagem é Michael. Ele já foi um grande ladrão de bancos, mas cansou dessa vida e quer apenas aproveitar sua aposentadoria bebendo, relaxando e tentando ganhar o amor de sua família problemática, mas infelizmente ele não tem muito sucesso nisso e acaba mais irritando eles do que recebendo o tipo de atenção que gostaria.

O último deles, Trevor, bom, é o cabeça quente da turma. Ele é desses sujeitos que torce pelos criminosos nos filmes ou então espanca alguém na rua e ainda fica exigindo um pedido de desculpas pelo sujeito dar com face em suas mãos. Ele possui tendências bem destrutivas, mas também aparece em situações hilárias devido a isso.

Ao passear pela cidade, você percebe que a Rockstar tirou leite de pedra na parte gráfica. É impressionante a enormidade de detalhes que você pode perceber nos cenários. O cuidado com a iluminação é tamanho, que você às vezes se pergunta como é possível que esse jogo esteja rodando nos consoles atuais com uma taxa de quadros tão estável.

O mundo de GTA nunca esteve melhor. A cidade parece sempre viva, inclusive durante a noite e nos lugares mais improváveis. A quantidade de locais que você pode visitar é imensa, visto a enormidade do mapa. E o legal é que agora existe também uma parte rural para você usufruir, ou seja, você não fica preso apenas a uma área urbana. Ela é tão imersiva quanto a cidade grande e tem suas próprias características, como as casas e edificações mais simples, os carros mais antigos e aquele sotaque caipira norte-americano dos residentes locais. Você vai adorar o interior.

Falando um pouco das missões, elas estão muito mais variadas do que em qualquer versão anterior da série. E tudo melhora quando os anti-heróis se juntam e começam a fazer elas em equipe. Nesta hora, aparece a característica mais importante do jogo, os golpes. Neles você precisa executar as missões alternando entre os personagens. De repente você está com Trevor pilotando um helicóptero e com apenas um toque de botão, você muda para Michael que está com um rifle de longo alcance em punho para matar alguma ameaça. Cada golpe é tão bom ou melhor que o anterior. E existem também os golpes maiores, onde você precisa reunir equipamentos, informação e montar toda uma equipe com personagens que você encontra aleatoriamente pelo jogo.

Por exemplo, para assaltar uma joalheria, é necessário que você analise o prédio onde ela está, contrate gente para te ajudar na fuga, no tiroteio e na inteligência. Estes capangas recebem uma fatia do roubo de acordo com suas habilidades e todos eles melhoram-nas após a missão terminar. Além disso, nesses golpes majoritários sempre existem duas opções de ação, uma mais cautelosa e a outra onde você literalmente entra disparando tiros para todo o lado. Qualquer uma das opções lhe proporcionará uma experiência como nunca você viu. E tem mais, se você pensa que estes golpes serão parecidos um com o outro, está muito enganado. Uma hora você está roubando a joalheria e na outra está usando um mini submarino para pegar algum tipo de arma no fundo do mar. Pode acreditar você fará os golpes com um sorriso no rosto, de orelha a orelha, tamanha a variedade que eles possuem.

Outro detalhe muito bacana é que mesmo fora das missões você consegue controlar cada personagem separadamente. Cada um deles tem suas próprias missões, contatos, propriedades, problemas e é tão simples de controlar e jogar com todos eles que você se pergunta como ninguém nunca pensou em fazer isso antes desta forma. Sempre que você faz a transição entre eles, houve a cautela de sempre fazer com que você os pegue em algum momento inusitado. Você está com Franklin e muda para o Michael, pegando ele, por exemplo, acordando em casa na cama devido a um pesadelo e com a arma em punho, ou então muda para Trevor e pega ele fazendo necessidades atrás de uma lixeira. Aí volta para o Franklin depois de um tempo e vê-o saindo bêbado de um bordel. 

Eles também possuem habilidades especiais. Franklin é o melhor motorista e ao usar sua habilidade, ele entra em um tipo de direção em câmera lenta e consegue desviar dos obstáculos com muita facilidade e ao mesmo tempo manter a velocidade do carro. Michael possui uma espécie de bullet time, o que faz com que ele consiga mirar nos alvos e derrubá-los sem ser alvejado. Trevor entra em um estado de fúria onde fica quase imortal e também inflige mais dano com suas armas.

Outro aspecto importantíssimo que precisa ser mencionado é que os personagens têm atributos diferenciados e que você pode aumentar fazendo praticamente qualquer coisa no jogo. Para aumentar seu fôlego você pode, por exemplo, praticar triátlon. Quer aumentar sua resistência? Jogue uma partida de tênis. Acha que está mal no volante? Dispute umas corridas. Precisa melhorar sua mira? Vá praticar com as armas na galeria de tiro. Necessita melhorar sua destreza com aviões? Vá até o aeroporto fazer aulas de aviação. Isso apenas para citar alguns exemplos. A Rockstar teve o cuidado de colocar um incentivo para você experimentar todas as atividades extras que o jogo proporciona.

O design da jogabilidade é, de longe, o melhor de toda a franquia. A Rockstar conseguiu pegar os melhores elementos de jogos como Midnight Club, Red Dead Redemption, Max Payne 3 e pois tudo em um só pacote, fazendo com que a experiência que você tenha, seja dirigindo carros, trocando tiros com seus rivais, pilotando barcos ou aviões seja a melhor possível.

A dirigibilidade dos carros está ótima. Você consegue navegar em alta velocidade pelo trânsito com mais facilidade, fora que existe também a opção de você tunar seu carango para deixar ele mais envenenado. Você pode até instalar blindagem. O controle dos barcos e helicópteros, que sempre foram meio complicados, está bem mais fácil aqui. Especialmente os barcos. 

Durante os tiroteios, existe um sistema de cobertura no qual você poderá se esconder atrás de objetos ou paredes e ir mirando nos alvos. O jogo vem com uma assistência de mira ligada de fábrica para te ajudar a acertar os alvos e também alternar entre eles. Claro que ela pode ser desligada caso você assim prefira. Ao comprar armas, você pode customizá-las para deixar elas mais eficazes também. Ah, eu por acaso mencionei que existe até um sistema de stealth? Você pode chegar por trás de alguém e nocauteá-lo sem chamar a atenção.

Como no GTA anterior, você também conta com um celular, mas desta vez ele é um smartphone. Você consegue fazer de tudo nele, desde acessar sites na internet como ver mensagens de seus contatos, checar sua conta bancária e tirar fotos do jogo para compartilhar com seus amigos no Social Club. Uma grande novidade também é que você agora pode comprar ações das diversas empresas do jogo na bolsa de valores. Inclusive, algumas missões lhe oferecem dicas sobre em quais empresas você pode investir e ganhar uma bolada. E acredite você vai precisar de dinheiro, pois ele vai sair rapidinho da sua carteira com a quantidade imensa de coisas que você pode adquirir no jogo. 

A famosa rádio está melhor do que nunca. Ela possui uma quantidade enorme de músicas boas para todos os gostos. Tem de rock pauleira, passando por pop contemporâneo e canções latinas, até clássicos. E quando você ouvir uma música que gostou bastante pode recomendar ela no Social Club para seus amigos. Isso sem falar também da atuação dos atores por detrás das vozes de todos os personagens do jogo. Um trabalho de primeira.


Depois que você passa algumas horas jogando, começa a reparar nos detalhes. Existem coisas que você fica impressionado quando percebe. De repente você está lá cuidando da sua vida até que subitamente você vê alguém atropelado na rua. Segundos depois, aparece uma ambulância e os paramédicos saem e tentam reanimar a vítima. Você pode estar parado com seu carro esporte e aparece uma pessoa, elogia seu veículo e resolve tirar uma foto dele com o celular. Sensacional. Pode estar também andando pela madrugada e, acredite, vê uma tentativa de estupro em andamento e resolve intervir para salvar a vítima ou deixa-la a própria sorte. São detalhes incríveis que aumentam ainda mais o nível de realismo que o jogo proporciona. 

Mas e a polícia, hein? Ainda está bobinha como de costume? Vou resumir com uma experiência que tive. Eu estava fugindo deles, com quatro estrelas, entrei em um prédio de estacionamento e pensei que estaria a salvo ali, pois era algo que funcionava nos jogos anteriores. Os helicópteros pairavam sobre o prédio, policiais desciam de rapel pelas aberturas e ao mesmo tempo atiravam em mim e lançavam gás lacrimogênio. E tem mais, aqui cada policial tem seu próprio radar para te encontrar. Se um deles te acha, todos irão até você. Fugir deles no interior é quase impossível, já que existem poucos lugares para se esconder. Se você der sorte de perdê-los na mata, pode ser devorado por algum animal selvagem.

Sobre a localização de textos e legendas para o idioma português, só tenho a dizer que é o melhor trabalho de tradução e adaptação do inglês para o português que eu já vi em um jogo. Tiveram o cuidado de adaptar as gírias, palavrões e jargões que usamos no dia a dia. Você nota isso especialmente quando morre, onde o clássico “Wasted” foi trocado por um meigo e singelo “SE F*DEU”.

Claro que o jogo tem seus defeitos. As versões digitais possuem problemas de pop-ups de texturas e objetos com certa frequência. Não é algo que atrapalha a experiência do jogo em si, mas é um erro que existe e você consegue notar ele bem. Outro defeito, este sim grave e já está sendo consertado pela Rockstar, é que os carros que você guarda na sua garagem às vezes somem sem uma razão aparente. Até a conclusão deste texto, um patch para sanar este problema ainda não havia sido lançado.

As missões principais levarão cerca de 30 horas para serem concluídas, em média. Não fique triste depois de zerar, pois existem tantas coisas a se fazer que dificilmente você vá parar de jogar após isso. Você pode ir fazer uma tatuagem, jogar dardos, ir ao cinema, completar alguma missão secundária, participar de corridas off-road, caçar foras da lei, animais, contrabandear drogas, ver um desenho animado na internet do jogo, subir até o topo da montanha mais alta para saltar de paraquedas, procurar pelos vários easter eggs que se encontram pelo jogo ou até mesmo mergulhar numa caça submarina em busca de algum tesouro naufragado. Para completar, você pode fazer todas as missões principais quantas vezes quiser, até terminá-las do modo mais eficiente. A quantidade de conteúdo que existe aqui é tão grande, que é bem provável que muita gente não precise jogar mais nada até o final do ano. Isso sem falar que ainda vai ser lançado o GTA Online em Outubro, expandindo ainda mais o universo do jogo.

Conclusão: Grand Theft Auto V é um marco na indústria de entretenimento. É obrigatório de se jogar. É destes jogos que você ficará falando por anos. Ele define o antes e o depois. Dificilmente algum outro título nesta geração que ainda está por sair conseguirá proporcionar uma experiência parecida. A Rockstar se superou e mostrou novamente que é uma das melhores produtoras de jogos de todos os tempos, fechando a geração atual com chave de ouro.

+ Gráficos incríveis
+ Melhor jogabilidade da série
+ Golpes são de tirar o fôlego
+ Muito conteúdo
+ Melhor localização de textos e legendas para português já feito
+ Personagens inesquecíveis
+ Ótima trilha sonora
+ Um dos mais bem elaborados roteiros já feitos
- Pop-ups nas versões digitais
- Bug da garagem que faz seus carros sumirem
- O jogo termina

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Comentários

  1. Posted by Agera7 on setembro 27th, 2013, 22:55 [Reply]

    Oh Rockstar anuncia logo pra pc não me aguento mais de tanta expectativa

Resposta

Concorda? Discorda? Oras, então dê sua opinião! :-)

via Facebook