Splinter Cell: Double Agent – Primeiras impressões

Logo do jogo Splinter Cell. Double AgentFinalmente mais um game eu consegui jogar um pouco mais de tempo e ver alguma coisa. E estamos falando de Splinter Cell, um dos melhores games já desenvolvidos. E, diferente da primeira versão que joguei no PC (e gostei muito do jogo, principalmente nos gráficos e na diversão), eu já tinha noção de que tipo de gráficos que teria nesta versão. E graficamente falando, eu achei o jogo mediano (sei lá, comecei a acostumar com os gráficos do Play 2 e parece que na TV os gráficos ficam um pouco piores do que no monitor… Mas a placa de vídeo influencia nos gráficos.).

Em relação à jogabilidade, é reaprender a jogar. Como estava acostumado com o teclado, usar o controle do Playstation 2 é um desafio à parte, mas com o tempo acabo pegando o jeito.

Em relação ao jogo em si: por estar na primeira missão (e sabia da parte do enredo de antemão), a primeira fase está servindo para mostrar os aspectos básicos da jogabilidade e dos comandos do personagem (através de vídeos onde você executa alguns comandos na hora correta. Eu tento assistir os vídeos várias vezes para pegar o jeito). E vi que existe uma gama muito maior de comandos! Fora os comandos mais cinematográficos (como você ficar preso num cano no teto e catar um cara e enforcar), que achei fera demais (e um pouco mais realista, mesmo alguns comandos serem quase impossíveis de acontecer) e os comandos em grupo (como um cara auxiliar você a subir locais mais altos!).

E vi que você não pode, todas as vezes que ver inimigos, tentar neutralizar eles. Afinal, eles estão fazendo ronda, e se um deles (que possa estar longe) percebe que o outro não responde, aí algo aconteceu. E isso vou tentar colocar no CSIB (o jogo de espionagem que eu quero fazer): nem sempre você pode acabar com os oponentes e esconder o corpo!

Eu parei próximo a uma escada de ferro, e em breve devo voltar a jogar este game!

Rodrigo Flausino

Desenvolvedor de software, atualmente como freelancer e trabalhando em casa. Meio ranzinza de vez em quando, mas é gente boa. Vivia reclamando. Gamer quase hardcore. Tem um PS2, um PS3 e um PC razoável que roda games atuais!

Notícias e Posts Relacionados



  • Jr D’el-Rei

    Nossa, deve ser uma bosta esse jogo que tu queres fazer…

    • http://www.rodrigoflausino.com/blog/ Rodrigo Flausino

      Por quê você acha isso? Bom, se você não gosta de Splinter Cell, realmente vai achar ruim o meu game, e isso é a sua opinião. Mas como o meu game não saiu, você não pode falar nada relacionado, já que você não viu e não sabe que elementos eu vou colocar no meu game.